PREFEITO ANUNCIA ENCERRAMENTO DO LIXÃO E IMPLANTAÇÃO DE COLETA SELETIVA EM SANTO ANDRÉ

Share:

Em menos de 3 meses de administração, a gestão de Santo André vem realizando variadas e importantes ações e agora anuncia aquela, que será um marco de sua administração. Nesta quarta-feira (24), o prefeito Edglei Amorim esteve presente ao lixão, na companhia de um catador e técnicos da Prefeitura, e anunciou seu fechamento. A decisão vai beneficiar não apenas a população, o meio ambiente, mas será uma oportunidade para melhorar as condições de trabalho e renda dos catadores de lixo do município.

A medida da Prefeitura de Santo André atende a uma exigência da Política Nacional de Resíduos Sólidos, aprovada há 10 anos e cujo prazo para adequação por parte do município já estava se expirando.

O prefeito Edglei Amorim disse que desde que decidiu ser candidato a prefeito, assumiu para si a responsabilidade de acabar com esse lixão, que gerava problemas históricos para o meio ambiente de Santo André. Ele lembrou, entretanto, que jamais faria isso sem as condições adequadas e sem um olhar atento para aqueles que sobrevivem do espaço.

Por isso, a Prefeitura de Santo André contratou uma técnica em implantação de coleta seletiva, Simone Nascimento, que a partir de agora vai otimizar a coleta, destinação e aproveitamento final do lixo produzido pela população de Santo André.

Primeira etapa

A primeira etapa do projeto consiste na retirada dos tambores de lixo espalhados pela cidade, que por vezes gerava mais sujeira em contato com animais e odor na porta de muitas residências. O lixo será recolhido na porta de cada residência e esse trabalho ocorrerá a partir do dia 08 de abril, a partir das 7 da manhã, nas segundas, quartas, quintas e sábados.

O lixo muito em breve começará a ser destinado a um aterro sanitário. O trabalho de informação e conscientização da população vai começar a partir desta quinta-feira (25), com equipes de agentes de saúde e técnicos do meio ambiente dialogando com a população.

Apoio aos catadores de lixo

O prefeito Edglei Amorim informou ainda que o projeto contempla um trabalho inclusivo e social junto aos catadores de lixo. Os profissionais serão capacitados em coleta seletiva, a população será instruída a separar seu lixo adequadamente e os catadores poderão aumentar sua renda com o lixo a ser recolhido.

“Nosso projeto é amplo. Não vai ser concluído da noite para o dia. Mas tenho certeza de que ao final, todos sairão ganhando com a medida e nossa cidade mais ainda, pois atenderá às exigências da política nacional de meio ambiente e terá melhorado seu ecossistema. Estamos felizes em poder realizar esse importante benefício para nossa povo”, pontuou Edglei.

ASCOM