Mulher desaparece e ex-companheiro dela é encontrado morto no Sertão da PB

Share:

Uma mulher está desaparecida desde a última quinta-feira (15), no município de Quixaba, no Sertão paraibano. De acordo com o delegado Galdêncio Neto, responsável pelo caso, a família da vítima registrou o desaparecimento dela na Polícia Civil e, um dia após o desaparecimento da mulher, o ex-companheiro dela foi encontrado morto. 

Conforme o delegado, as primeiras investigações da polícia apontaram que o motorista Jozinaldo Queiroga da Costa, de 33 anos, ex-companheiro da mulher, teria ido buscá-la no trabalho, na quinta-feira (15). Depois disso, Maria da Conceição, de 32 anos, conhecida como “Ceiça”, não retornou para casa. 

Um dia depois, na sexta-feira (16), a polícia encontrou Jozinaldo Queiroga morto. Segundo o delegado, o corpo do homem foi encontrado em uma casa abandonada no sítio Desterro, zona rural da cidade. A polícia acredita que ele se matou. 

“Ela [Maria da Conceição] foi vista com ele na zona rural da cidade. A casa onde o corpo dele foi encontrado está abandonada. Ao chegar no local, encontramos ele enforcado na lateral da casa, no alpendre da residência. A polícia fez buscas na propriedade, mas não havia nenhum sinal de que ela esteve lá com ele”, informou o delegado à TV Paraíba, na manhã desta segunda-feira (19).

Família recebeu mensagens 

A família de Maria da Conceição mora no bairro Monte Castelo, na cidade de Patos, também no Sertão paraibano. Ainda de acordo com o delegado Galdêncio Neto, a família recebeu mensagens anônimas do possível paradeiro da mulher, mas as investigações da polícia não confirmaram as informações. 

“Nós recebemos informações de que o corpo da mulher estaria embaixo de uma ponte, no caminho entre Quixaba e Serra Negra, mas até então não encontramos nada. O aparelho do ex-companheiro dela foi encontrado pela polícia, mas estava bloqueado, então encaminhados para a perícia em João Pessoa”, explicou o delegado.

A Polícia Civil continua as investigações e pede o apoio da população, através do 197, para qualquer informação que ajude a localizar Maria da Conceição. “Já recebemos diversas mensagens apontando o paradeiro dela, mas nenhuma informação foi concretizada”, finalizou o delegado.

G1PB