Prefeitura da PB é investigada por suposto superfaturamento em contratação de empresas

Share:

O Ministério Público da Paraíba (MPPB) abriu um inquérito civil para investigar irregularidades cometidas no ano de 2017 pela prefeitura de Coremas, no Sertão do Estado, na contratação de empresas de limpeza urbana e de remoção de resíduos sólidos. O inquérito foi aberto pelo promotor Thomaz Ilton Ferreiras dos Santos, da promotoria de Pombal.
Conforme a peça, foram encontradas inconsistências nos procedimentos de dispensa de licitação e em relação aos valores pagos, que seriam superfaturados. Se confirmadas, as irregularidades podem confirmar a prática de improbidade administrativa.
Fonte 83